Segunda-feira, 21 de Setembro de 2009

REALIDADE (crua e nua)

Em 2002 esteve cinco dias internado nos cuidados intensivos do Hospital de Santa Maria devido a uma suspeita de enfarte. Nessa altura, os médicos aconselharam-no a ter mais cuidado com a alimentação, a reduzir o sal e a deixar de fumar cigarrilhas. Recusou. “Parece que andamos num campeonato contra a eternidade. Para quê? Para viver até aos 85 anos, em vez de viver até aos 75?

 

Não há nada pior do que morrer de boa saúde.”

(Paulo Teixeira Pinto na “Sábado” nº.279 – 3 a 9 de Setembro de 2009)

publicado por A. Carvalho às 18:49
link do post | comentar | favorito

posts recentes

INTROSPECÇÃO (II)

INTROSPECÇÃO

APETITES

LESBOS

MELANCOLIA

"BOCA-DOCE"

TEMPO

UNO (II)

CORRESPONDÊNCIA

PERDIDAMENTE

arquivos

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

blogs SAPO

subscrever feeds